A Praça de São Roque

Está situada a beira-mar, com vista panorâmica do fundo da Baía de Guanabara e Serra dos Órgãos, num dos recantos mais pitorescos da Ilha: a Praça de São Roque – o padroeiro de Paquetá.

A praça é um de seus principais conjuntos arquitetônicos da ilha, com diversos bens materias e imateriais incluídos na APAC – Área de Preservação do Ambiente Cultural de Paquetá. Destacamos:

– A Capela de São Roque, a primeira de Paquetá e uma das mais antigas do Rio de Janeiro, construída em 1697;
– O Poço de São Roque, com suas águas milagrosas, que promoveram muitos romances e que teriam curado D. João VI de sua úlcera na perna;
– O neoclássico prédio que abriga a Escola Pedro Bruno;
– O tradicional Coreto;
– A Chácara da Moreninha (antiga Chácara Ormy Toledo), com a Mansão Ormy e o Pagode Chinês, uma rara inspiração na arquitetura oriental no Brasil.

A Casa de Artes Paquetá

O espaço reúne 2 construções principais:

– O sobrado principal, na frente do terreno, em estilo eclético, construído no final do século XIX
– A “Torre de Gaudí”,  inspirada na obra do consagrado arquiteto modernista Catalão Antoni Gaudí, construído na década de 50, também criação de Ormy Toledo;